Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


PETIÇÃO PÚBLICA POR AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA EB23 DA LOURINHÃ - AEDLV

por apeeaedlv, em 26.11.16

15227848_10155472846223032_2042027150_n.jpg

A ASSOCIAÇÃO DE PAIS  lança uma PETIÇÃO PÚBLICA dirigida à Câmara Municipal da Lourinhã para que esta apoie a solução apresentada pelo Departamento de Educação Física e possibilite  com a máxima urgência a prática -ainda que parcial- de EDUCAÇÃO FÍSICA dos alunos da EB 23 da Lourinhã, enquanto o prometido Pavilhão não for uma realidade.

Porque o sucesso é um desporto colectivo, a Associação de Pais convida todos os professores, encarregados de educação e alunos a subscrever a petição, cujo texto se transcreve e que pode ser assinada AQUI

 

"ALGUNS FACTOS:
Em 2007 a Câmara Municipal da Lourinhã decidiu (pela Carta Educativa) construir uma nova escola de 2 e 3 ciclo na aldeia de Miragaia, afim de poder encerrar a velha Escola Dr. João das Regras na Vila da Lourinhã que se encontrava extremamente degradada e não tinha as condições mínimas, dignas e exigíveis a um estabelecimento de ensino, razões pela quais em 2009 declinou receber a gestão da mesma.
Em 2013 foram iniciados pela Edilidade os procedimentos administrativos com vista à construção da nova escola, tendo a mesma sido concluída e entrado em funcionamento em setembro de 2015.
Em consequência, os alunos do 2 º e 3º ciclo da área territorial de influência das freguesias de Lourinhã, Ribamar, Santa Bárbara e Vimeiro que pertencem ao Agrupamento D. Lourenço Vicente foram transferidos para a Escola Dr. Afonso Rodrigues Pereira, que passou a ser a "nova" ESCOLA-SEDE

Um edifício com 25 anos de idade; cujas instalações carecem de profunda intervenção e melhoramentos, e que desde a sua construção NÃO DISPÕE DE UM PAVILHÃO GNIMODESPORTIVO para a prática cabal da disciplina de Educação Física.

O PROBLEMA:
Assim, conforme era há muitos anos consabido e apesar dos sucessivos e atempados alertas da Associação de Pais, os alunos do 2º e 3º ciclo da sede do concelho deixaram no ano lectivo de 2015/2016 de poderem dispôr de condições logísticas para a aprendizagem de modalidades integradas no currículo da disciplina de educação física, sendo que quando chove ficam privados das aulas, já que não existe espaço no interior do edifício que permita a prática de quaisquer outras actividades.

Uma situação lamentável, que não promove a saúde, bem-estar e a igualdade de oportunidades dos alunos que estudam na sede do concelho, e que perdurará enquanto a prometida solução definitiva de requalificação das contíguas "piscinas municipais" em pavilhão municipal não estiver concretizada.

A SOLUÇÃO:
Ora, o Departamento de Educação Física, fruto da sua responsabilidade e elevado profissionalismo, afim de evitar que os alunos percam mais um ano lectivo: propôs no corrente ano lectivo, à Direcção do Agrupamento e apresentou em Conselho Geral uma proposta de solução transitória que consistiria em que as aulas de Educação Física de dois tempos (90m) pudessem ter lugar no Pavilhão da Casa do Povo (um edifício arrendado ao Município da Lourinhã e reabilitado pela Câmara em 2013), que o Agrupamento sempre dispôs e que se encontra a pouco mais de 450 metros da escola-sede.

Uma solução intermédia que não foi no imediato acolhida, tendo por justificação que o Agrupamento não dispõe de funcionários que possam eventualmente acompanhar os trajectos com os professores ou permanecer no pavilhão no decorrer das aulas.

O PEDIDO:
Assim, sendo a saúde e a sua cabal promoção a matriz do projecto educativo do Município da Lourinhã, deverá a Câmara Municipal da Lourinhã apoiar e colaborar activamente com o Agrupamento e seus professores na concretização das soluções que promovam o bem-estar e superior interesse dos alunos, dispondo-se a suportar os encargos necessários (e no caso pouco expressivos atento o custo já suportado pelo pavilhão e sua recente reabilitação) para possibilitar a prática parcial dos tempos lectivos de educação física pelos alunos nos termos preconizados pelos seus professores.

O que se solicita com urgência, pois os nossos alunos e educandos jamais poderão voltar atrás e aproveitar as oportunidades perdidas"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:27



Associação Pais do Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Reuniões de Representantes de Turma


Bombeiros por 5 dias - Edição 2018


Representantes EE no Conselho Geral



O SUCESSO É UM DESPORTO COLECTIVO


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

COMUNICADO AEC - ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR